Dicas Nutricionais

A importância da mastigação na prevenção e tratamento da obesidade

Mastigar é a parte mais importante da alimentação. Começa, por ser a parte mais gostosa, pois é durante a mastigação que sentimos o paladar dos alimentos.

Quando a mastigação é adequada, a digestão é mais rápida, e não ocorre à habitual sonolência pós-refeição, desenvolve o senso da saciedade com equilíbrio, de acordo com sua necessidade diária de calorias.

Tratando-se de pós-operatório de cirurgia bariátrica então, a mastigação é a principal ferramenta para manter uma perda de peso eficaz, manter uma magreza constante e diminuir complicações, como por exemplo, engasgos, vômitos e regurgitações.

Mastigando rápido demais, os alimentos não saem devidamente preparados para o intestino delgado e como é este que seleciona o que deve ou não ser aproveitado pelo organismo, esta seleção se faz de forma mal apropriada e o organismo absorve mais do que deveria. Além de prejudicar a digestão, engolir a comida sem mastigar, pode agravar o problema para os que já apresentam tendência a engordar.

A mastigação lenta permite que as enzimas digestivas tenham mais tempo para metabolizar os alimentos.  Segundo o endocrinologista Tércio Rocha, o processo de mastigação é fundamental por um motivo óbvio: quanto mais tempo leva, mais tempo terá o alimento a gotejar liquefeito no estômago. Isso dá tempo ao cérebro de receber o estímulo e enviar sua mensagem de saciedade o que leva um mínimo de 15 minutos. "Quem come devagar, também nunca passa do primeiro prato, dificilmente repete".

Mastigar ajuda a emagrecer!

Então, 5 dicas importantes para uma mastigação eficaz:

  1. Evite alimentação automática. Não faça nada diferente enquanto come, por exemplo: ver televisão, ler revistas, falar ao telefone e pensar em outros assuntos. Concentre-se na refeição;
  2. Faça as refeições em local tranqüilo, sentado, com calma. Mastigue bem os alimentos, de forma lenta, sem pressa. Se você come rápido, perde o controle da quantidade e acaba comendo demais;
  3. Não converse durante as refeições, além de se distrair na mastigação, você engoli ar, o que causa desconforto abdominal e Flatulência;
  4. Descanse os talheres no prato, enquanto mastiga;
  5. Troque os utensílios grandes, por utensílios menores, coloque o alimento à boca em pequenas quantidades;

 

Geisa Patrícia Reis

CRN 4351

Pós graduanda em Obesidade e emagrecimento pela Universidade Gama Filho